Coldplay reduz em 59% a pegada de carbono de suas turnês

Em 2021, o vocalista Chris Martin fez a promessa de “fazer turnês com responsabilidade ou não fazer turnês”

Foto: Instagram | Coldplay @coldplay

Enquanto algumas estrelas da música se tornaram famosas pelo uso constante de jatinhos (e todas as emissões de CO2 provocadas pelo transporte), o Coldplay surge como um contraponto à falta de consciência ambiental e pode ser usado como exemplo para a indústria musical.

A banda estabeleceu um novo padrão de sustentabilidade em suas apresentações, com uma redução documentada de 59% na pegada de carbono de sua turnê em relação à turnê mundial anterior. A conquista veio da determinação dos músicos em fazer a sua parte no combate às mudanças climáticas, investindo em técnicas inovadoras e no envolvimento dos fãs com a gestão ambiental dos eventos.

Compromisso com a mudança

Em 2021, o vocalista Chris Martin fez a promessa de “fazer turnês com responsabilidade ou não fazer turnês”. No mesmo ano, o Coldplay apresentou uma estratégia de 12 pontos para reduzir suas emissões durante as viagens, A banda estabeleceu um objetivo ambicioso para a turnê mundial Music of the Spheres, que começou em 2022: reduzir as emissões de carbono da produção de performances, frete e viagens em pelo menos 50%.

Foto: Instagram | Coldplay @coldplay

Após dois anos de turnê, a banda declarou alegremente que havia superado essa meta. “Estamos felizes em informar que as emissões diretas de CO2e dos primeiros dois anos desta turnê são 59% menores do que a nossa turnê anterior em estádios (2016-17), em uma comparação show a show”.

Energia dos fãs

A conexão do Coldplay com os fãs para produzir energia durante os shows é uma parte importante de suas iniciativas de sustentabilidade. Pistas de dança cinética têm sido utilizadas em shows para transformar os movimentos do público em energia. Os fãs são incentivados a pular em ladrilhos personalizados para converter a energia da sua dança em eletricidade.

Os fãs também podem usar bicicletas elétricas durante o espetáculo. Estas bicicletas, quando combinadas com painéis solares e pistas de dança cinéticas, permitem carregar áreas de palco menores, além de equipamentos como telefones e computadores portáteis.

Foto: Instagram | Coldplay @coldplay

“Gostaríamos de agradecer a todos que vieram ao show e ajudaram a carregar as baterias do show nas bicicletas e nas pistas de dança cinética”, afirmou a banda.

Para garantir a hidratação de todos e a redução da geração de resíduos, em especial de itens de uso único, em todos os shows os fãs tinham à disposição bebedores e água a vontade, sendo convidados a levar garrafas e copos reutilizáveis aos shows.

Além do uso de energia renovável, a banda adotou uma série de ações para reduzir a quantidade de resíduos gerados e aumentar as taxas de reciclagem. Um exemplo é o uso de pulseiras LED recicláveis, que os espectadores são incentivados a devolver para reutilização. Eles também incentivaram o público a ir ao show caminhando, pedalando, usando transporte público ou compartilhando o carro com caronas.

Foto: Instagram | Coldplay @coldplay

Sustentabilidade certificada

Os dados em relação ao impacto ambiental da turnê do Coldplay foram coletados pela empresa de sustentabilidade Hope Solutions e certificados pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). “A banda está traçando um caminho para um futuro com baixo carbono, biodiversidade e equitativo. Eles estão dando um exemplo para toda a indústria musical em termos de sustentabilidade autêntica e humana”, garante o professor do MIT, John E. Fernandez.

Esforços contínuos

Em julho de 2023, uma avaliação intermediária mostrou que a redução da pegada de carbono da turnê estava em 47% o que frustrou as expectativas da banda e gerou um movimento ainda mais intenso na busca por soluções. Com mais envolvimento da produção e dos fãs, as conquistas vieram.

Em 2024, a banda informa que “72% de todos os resíduos da turnê foram desviados de aterros e enviados para reutilização, reciclagem e compostagem”, índice que supera os 66% alcançados em 2023.

Foto: Instagram | Coldplay @coldplay

Dezoito shows foram totalmente alimentados por um sistema de baterias construído com baterias usadas de veículos da BMW, reduzindo substancialmente a dependência de fontes de energia tradicionais. Durante a turnê, o Coldplay também financiou dois “interceptadores de resíduos em rios para limpeza dos oceanos”, da The Ocean Clean Up, ampliando o impacto positivo da sua atuação ambiental.

Para finalizar, a banda se compromete a plantar uma árvore a cada ingresso vendido: um total de 7 milhões de árvores plantadas ONG global One Tree Planted.

Próximos passos

As turnês ao vivo são inerentemente intensivas em carbono, especialmente para turnês mundiais com locais distantes. Apesar de depender de viagens aéreas para a maioria dos shows, Martin se comprometeu a usar o transporte público sempre que possível, como fez nos shows da banda em Cardiff, chegando de trem.

A banda reconhece que sua jornada rumo à sustentabilidade está em constante evolução. “Como banda e como indústria, estamos longe de onde deveríamos estar. Mas agradecemos a ajuda de todos até agora e aplaudimos todos que estão trabalhando para levar as coisas adiante”, disseram os músicos.

Um novo padrão para a indústria musical

Foto: Instagram | Coldplay @coldplay

O sucesso do Coldplay na redução da sua pegada de carbono estabeleceu um novo padrão de sustentabilidade na indústria musical. As suas técnicas criativas e dedicação a ações ecológicas mostram que eventos de grande escala podem ser divertidos ​​e ambientalmente responsáveis. À medida que mais artistas e bandas tentam seguir o exemplo, a turnê Music of the Spheres do Coldplay é um exemplo notável de como o negócio pode avançar em direção a um futuro melhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bio Nature Brazil
Enviar por WhatsApp
Rolar para cima

Cookies e politicas de privacidade

Ao acessar este site você concorda com nossos termos de politica e privacidade, por favor, consulte regularmente os nossos termos de serviço.